Antigos teixos venerados pelos celtas, Oaks já vivendo quando Cristóbal Colón descobriu a América, Sabinas, onde a Virgem apareceu árvores com história de Queens, ama e duelos, Olmos que inspirou Machado, Cela. Em última análise, cuja história ter sido parte da vida de muitas pessoas e árvores que agora veio até nós como algo mágico. Eles são criaturas de contos de fadas, espécimes que sobreviveram a centenas de anos testemunhando a passagem do tempo e transformações radicais em seu ambiente.

Os seres humanos nos serviram as árvores e seus muitos benefícios, cresceram com eles, ao abrigo de sua sombra, seus frutos de madeira e de seus medicamentos. Agora, as árvores precisam do ser humano, mas também os seres humanos precisam das árvores. Só parar e olhar ao redor e analisar o nosso modelo de vida, tão rapidamente, tecnológico e infernal. Precisamos de “ecologização” nossas vidas, aprender com eles e com eles.

Em Espanha, existem ainda muitos sobreviventes da floresta mediterrânica, muitos deles poderiam fornecer sombra e abrigo para ilustres personagens históricos.

Nome
idade(anos) População   GPS Altura (m) Perímetro do tronco (m) diâmetro da copa (m)
Fayona de Eiros 350 Eiros Asturias 43° 15´23´´N 27,5 4,46 32
Fagus sylvatica 06°32´47´´O
Pino de Hijar 220 Hijar Teruel 41°10´41´´N 32 3,9 20,5
Pinus pinea 00°26´51´´O
Enebro de Cantavieja 750 Cantavieja Teruel 40°32´04´´N 9,5 3,85 7
Juniperus oxycedrus 00°25´15´´O
Encina 600 Coripe Sevilla 36°57´28´´N 18 5,7 23
Quercus ilex 05°25´36´´O
Pinsapo 300 Parauta Málaga 36°39´58´´N 22 5,2 26
Abies pinsapo 05°02´02´´O
Pino Negro 420 Galapan Jaén 38°00´38´´N 54 5,4 18,2
Pinus nigra 02°39´51´´N
Acebuche 800 Almonte Huelva 37°07´57´´N 14 8 22
Olea europea sylvestris 06°28´47´´O
Laurel 600 La Zubia Granada 37°07´39´´N 9 10 15
Laurus nobilis 03°35´06´´O
Olivo 1400 La Vila Joiosa Alicante 38°27´06´´N 7 9,35 8,7
Olea Europaea 03°54´26´´O
Encina 1200 Mendaza Navarra 43°03´45´´N 15,5 7,7 19,2
Quercus ilex 04°12´36´´O

Comments are closed.

Transporte nacional gratuito